Viscosuplementação – Infiltração Intra-Articular de Ácido Hialurônico

Dentre as modalidades de tratamento, a viscosuplementação, injeção intra-articular de derivados do ácido hialurônico, vem ganhando cada vez mais destaque.

A viscosuplementação é procedimento simples e pode ser realizada ambulatorialmente. Traz benefício para dor e função, e também altera favoravelmente o curso da doença, melhorando quantitativamente e qualitativamente a cartilagem articular. Apresenta bom perfil de segurança e favorável relação custo-efetividade, sendo indicada tanto para osteoartrite quanto após um procedimento de artroscopia.

Locais mais comuns de aplicação

Nas doenças e dores articulares: Infiltração nunca é no osso, mas pode ser aplicada também no espaço entre eles, o espaço da articulação entre dois ossos (por exemplo, entre o fêmur e a tíbia, para o joelho). É muito utilizada em pacientes com reumatismo, como por exemplo osteoartrite reumatóide, artrite gotosa, e até mesmo artrose degenerativa, ou nos iniciantes desportivos que cursam com dores ou crepitações

Nos tendões: Infiltração será usada como um último recurso depois que outros tratamentos não tiverem sucesso, geralmente fazemos na circunferência ou ao redor do tendão. As melhores indicações são tenossinovite, isto é, a inflamação da bainha do tendão, e entesopatias ou na inserção do tendão ao osso.

No músculo: É comum se infiltrar no tratamento de lesões musculares (pode ser até retirado o hematioma) ou nas fibroses que são as cicatrizes que os atletas sofrem e evoluem com rigidez. A dor é bem localizada no esforço com excelentes resultados.

Alívio de dores de Artrose do Joelho, Quadril, Tornozelo. Também para Condromalácea da Patela.

Quais são os produtos infiltrados?

Os produtos mais comuns que podem ser injetado são:

Ácido hialurônico (viscosuplementação)

Destina-se a criar uma espécie de película protetora para atrasar a progressão da osteoartrite/artrose em algumas articulações e aliviar a dor (exemplo osteoartrite do joelho, tornozelo etc).

Anti-inflamatório

Hormonal muitas vezes um derivado de cortisona, ou os não hormonais também podem ser aplicados na área dolorosa.

Anestésico local

Particularmente nos casos de dores crônicas ou severas ou no caso de um teste de anestésico terapêutico.

O médico especialista irá injetar um anestésico local seguido de um medicamento para reduzir a dor, tratar uma inflamação ou lesão. Esta injeção local é chamada de infiltração. Será dentro de um tecido inflamado ou dolorido (infiltração do ombro, no joelho, quadril, etc.) ou em um tendão, por exemplo.

O uso deste processo terapêutico vai exigir um diagnóstico preciso e deve ser decidido com o consentimento do paciente depois de explicar as vantagens e desvantagens.

Agende sua consulta conosco para avaliarmos o melhor tratamento para seu caso