Reabilitação Funcional

A Reabilitação Funcional visa um tratamento de deficiências ortopédicas, neurológicas e cardiorrespiratórias de forma global, onde os movimentos não são trabalhados de forma isolada; o objetivo é alcançar o maior volume de estímulos tanto de membro superior, quanto inferior; alcançando todas as rotas metabólicas, mais conhecidas como exercícios aeróbicos; condicionando, alongando e fortalecendo de forma progressiva e evoluindo para o trabalho preventivo.

Utilizando acessórios como bolas, elásticos, bozu, alteres cama elástica, corda e bastões; permite a realização de movimentos que se assemelham aos movimentos de AVDs e corrigem limitações, aumentando a performance muscular de forma ativa e trazendo resultados mais rápidos do que a reabilitação convencional.

Exercícios funcionais têm como objetivo corrigir as funções musculaturas e articulares para que os movimentos sejam realizados da maneira correta. O resultado é melhora de problemas do paciente e muitas vezes até a diminuição da dor.

O treinamento funcional é muito mais complexo do que muitos acreditam ser. Porém, é uma excelente “estratégia” para ajudar na Reabilitação Funcional.

Como funciona a Reabilitação Funcional?

A Reabilitação Funcional atua na área da disfunção através de exercícios controlados, atividades focadas na coordenação entre partes do corpo, treinamento de força, flexibilidade e agilidade, visando preparar o indivíduo para voltar à sua vida cotidiana.

Como auxílio a essas atividades são utilizados acessórios como elásticos, bolas, alteres, cama elástica, cordas e bastões; o objetivo é alcançar o maior volume de estímulos tanto no membro superior, quanto inferior; alcançando todas as rotas metabólicas, mais conhecidas como aeróbicos; condicionando, alongando e fortalecendo de forma progressiva e evoluindo para o trabalho preventivo.

Com a melhoria da força, coordenação e flexibilidade o desempenho dos movimentos também melhora e, assim, os sintomas são aliviados e as atividades do quotidiano do paciente são restabelecidas.

A Reabilitação Funcional é uma forma de devolver ao paciente toda a liberdade para realizar suas atividades e voltar a ter uma vida normal, visando uma diminuição dos sintomas e, por consequência, a melhora dos movimentos.

Como se realiza a Reabilitação Funcional?

Para começar o processo de Reabilitação Funcional, o fisioterapeuta deve fazer um levantamento do histórico de lesões, tratamentos e recuperações anteriores para compreender as metas e necessidades do paciente e, assim, montar um plano de reabilitação individual que devolva o paciente à sua vida normal.

São realizados também exames físicos para avaliação de, entre outras coisas, postura, reflexos, caminhada, equilíbrio, controle muscular, estabilização do corpo durante o repouso, a amplitude do movimento das articulações e quaisquer deficiências ou problemas que possam ter contribuído para a lesão original.

A Reabilitação Funcional tem sido normalmente aplicada à medicina esportiva no tratamento de atletas. Mas essa abordagem também é benéfica à indivíduos com com complicações e que queiram retornar a sua vida normal, principalmente aqueles que queiram retornar ao trabalho após lesões traumáticas ou neurológicas, como acidentes vasculares cerebrais e acidentes de trânsito, por exemplo.

O objetivo geral do tratamento é preparar o indivíduo para que ele retorne às atividades ou esportes que eram praticados antes da lesão. Ele deve começar assim que essa lesão permitir e deve ser específico para cada caso. O que envolve etapas progressivas de desenvolvimento da força muscular e resistência para o retorno à sua atividade específica.

 

Agende sua consulta conosco para avaliarmos o melhor tratamento para seu caso