Fisioterapia Uroginecológica: 6 causas para incontinência urinaria

Por equipe Afrat 

Incontinência Urinária é toda perda involuntária de urina, ou seja, quando a urina escapa sem que a pessoa perceba.

Mais ou menos 5% da população mundial sofre com algum tipo de incontinência?

No Brasil a estimativa é que 10 milhões de Brasileiros estejam nesta situação.

A incontinência atinge ambos os sexos e em todas as idades. Sendo mulheres, homens, crianças e idosos.

Muitos atletas também podem apresentar incontinência urinária.

Saiba que em qualquer época PERDER URINA NÃO É NORMAL!

São muitos os tipos de incontinência urinária, abaixo seguem os principais:

  • Incontinência urinária de esforço: quando ocorre a perda urinária ao realizar algum tipo de esforço como: tossir, espirrar, abaixar, rir ou pegar peso.
  • Incontinência urinária de urgência: quando ocorre uma vontade repentina de urinar e ocorre a perda de urina antes de chegar ao banheiro.
  • Incontinência urinária mista: Quando há mais de um tipo de incontinência juntas.
  • Incontinência urinária por transbordamento: é quando a bexiga nunca se esvazia por completo e após urinar o paciente continua a perder urina em forma de gotas.
  • Incontinência urinária funcional: Quando a perda de urina é causada por problemas físicos ou intelectuais que impedem a pessoa de controlar a urina até chegar ao banheiro ou quando estão acamadas.

NÃO PODEMOS TER VERGONHA EM FALAR SOBRE O ASSUNTO!

São muitas as causas da Incontinência urinária:

  • Câncer de bexiga ou próstata;
  • Aumento da próstata;
  • Diabetes;
  • Infecções de trato urinário;
  • Prolapsos genitais (bexiga caída)
  • Gravidez e outros.

Tratamento:

São várias as possibilidades de tratamento. Dentre elas temos, medicações, cirurgias e fisioterapia.

Após procurar um médico e realizar avaliação e exames ele poderá encaminhar para a melhor opção de tratamento.

O tratamento irá depender da gravidade da perda de urina.

É SEMPRE BOM LEMBRAR QUE QUANTO MAIS TEMPO DEMORAR PARA PROCURAR TRATAMENTO MAIS GRAVE SERÃO OS SINTOMAS E MAIS DEMORADO SERÁ A REVERSÃO DO QUADRO.

A fisioterapia pélvica é considerada um tratamento de primeira linha em alguns casos de Incontinência Urinária podendo reverter ou minimizar os sintomas.

Converse com seu médico, a incontinência urinária atrapalha as atividades de vida diárias e provoca afastamento social.

A incontinência urinária tem tratamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *